Campanha do Agasalho já recebeu 5 mil doações. Participe! – Agência Brasília

Author

Categories

Share

Mais de cinco mil casacos, cobertores, luvas, toucas e roupas para frio já foram doados pela população do Distrito Federal durante a edição de 2021 da Campanha do Agasalho Solidário. Nesta quarta-feira (2), 500 peças foram entregues no Centro Pop de Taguatinga, unidade da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) que atende pessoas em situação de rua.

“Doação não é descarte. Doe o que você também usaria e saiba que essa doação poderá ajudar a salvar uma pessoa”Mayara Noronha Rocha, secretária de Desenvolvimento Social

Promovida pelo Governo do Distrito Federal (GDF), a campanha tem como meta obter ajuda de toda a sociedade. “Essa é uma campanha que deve contar com a participação de todos. Nós precisamos levar não apenas o casaco ou o cobertor, mas também o carinho da população”, afirmou a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha.

O agradecimento revela que as peças de roupa têm significado para quem recebe a doação. “A gente se sente verdadeiramente acolhido. A gente se sente gente de novo”, disse Rodrigo Financre. Ele foi o primeiro a retirar o kit com cobertor e agasalho no Centro Pop de Taguatinga, local onde cidadãos em situação de vulnerabilidade social contam com alimentação, espaço para higiene pessoal e atendimento psicossocial.

Doações até o dia 30 

Coordenada pela Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância em parceria com a Secretaria de Governo, Vice-Governadoria, Corpo de Bombeiros Militar e Defesa Civil do Distrito Federal, a Campanha do Agasalho Solidário 2021 recebe doações no Palácio do Buriti e em todos os batalhões dos bombeiros. Até o momento já foram recebidos mais de cinco mil itens, e o objetivo é que, até o dia 30 deste mês, seja possível superar o número alcançado no ano passado: 11 mil.

De acordo com os protocolos sanitários para evitar a propagação da covid-19,  cobertores, casacos, meias, luvas e gorros devem ser entregues lavados e, preferencialmente, dentro de sacos plásticos. A secretária de Desenvolvimento Social lembra a importância de serem itens em bom estado, que possam ser utilizados. “Doação não é descarte. Doe o que você também usaria e saiba que essa doação poderá ajudar a salvar uma pessoa”, ressaltou a gestora.

Mayara Noronha Rocha também lembrou que as doações não vão apenas para as famílias em situação de rua. Por conta da crise social provocada pela pandemia, há famílias que não possuem recursos para comprar os itens necessários para se proteger das baixas temperaturas do inverno, que começa no próximo dia 23.

Condomínios, igrejas, grupos de comunidade, associações e quaisquer outras pessoas que queiram criar postos de coleta também podem fazer contato com o GDF para  entrega de um número maior de doações. Nesse caso, a Campanha do Agasalho Solidário 2021 vai garantir que os itens recolhidos cheguem até a população que mais precisa.

* Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Social



Source link

Author

Share