Espaçonave da Virgin Galactic conclui seu 1º voo com sucesso

Author

Categories

Share


A espaçonave da Virgin Galactic, VSS Unity, completou seu primeiro voo espacial de sucesso em mais de dois anos neste sábado (22). A tripulação da aeronave sobrevoou uma altitude de mais de 13,4 mil metros antes de pousar com segurança.

A empresa já tentou um voo da espaçonave Unity a partir do Espaçoporto América, no Novo México (EUA), em dezembro do ano passado. Levada pela “nave mãe” VMS Eve, a Unity chegou a 15 km de altitude, como planejado, mas não conseguiu ligar o propulsor que iria levá-la pelos 85 km restantes até o espaço. Apesar da falha, os pilotos C.J. Sturckow e Dave Mackay aterrissaram a espaçonave sem incidentes.

publicidade

VSS Unity, espaçonave suborbital da Virgin Galactic

Tanto Sturckow quanto Mackay participaram desta nova tentativa. A decolagem da espaçonave ocorreu novamente no Espaçoporto América por volta das 10h35, com a Unity a bordo. Aproximadamente 10 minutos antes de seu lançamento, a Unity ligou sua própria bateria e conduziu o controle de voo e verificações elétricas.

Uma vez liberada do VMS Eve, os pilotos acenderam o motor da espaçonave e o desligaram alguns minutos depois, fazendo com que o impulso da espaçonave mantivesse a Unity viajando em direção ao ponto mais alto.

Era quase 11h30 quando o foguete da Virgin Galactic fez uma curva lenta e voltou para a atmosfera da Terra, pousando cerca de 13 minutos depois na mesma pista de decolagem. O voo de teste também carregou cargas úteis de pesquisa para o programa de Oportunidades de Voo da NASA.

Leia mais:

Se tudo correr como planejado, a Virgin Galactic espera começar a operar voos turísticos suborbitais no início de 2022. Vale lembrar que a previsão original da empresa era de iniciar voos em 2015, mas o acidente com a VSS Enterprise durante um teste sobre o deserto de Mojave em 2014, que resultou na morte de um dos pilotos, fez com que a empresa redesenhasse o cronograma.

A espaçonave tem uma cabine interna luxuosa, capaz de levar seis passageiros por vez. Usando trajes customizados, eles experimentarão “vários minutos” de gravidade zero no ápice do voo, podendo apreciar a beleza de nosso planeta e a escuridão do espaço a partir de uma das várias janelas na cabine. 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!





Source link

Author

Share