Reaberta licitação para serviços em usinas de resíduos – Agência Brasília

Author

Categories

Share


O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) reabriu licitação para contratar empresa especializada para prestação de serviços de operação, controle e manutenção das Usinas de Tratamento Mecânico Biológico (UTMB) de Ceilândia e da Asa Sul. O valor estimado da licitação, feita na modalidade concorrência, tipo menor preço, tem o valor anual estimado de R$ 24.411.565,36 .

Além dos serviços citados, a empresa vencedora da Concorrência nº 01/2018 fará a operação de compostagem na usina de Ceilândia, o transporte de composto cru da usina da Asa Sul para a de Ceilândia, o transporte de rejeito das unidades até o Aterro Sanitário de Brasília e o transporte de chorume da usina de Ceilândia até a Unidade de Recebimento de Entulho e/ou Aterro Sanitário de Brasília.

As usinas são utilizadas para fazer a triagem dos resíduos domiciliares convencionais em composto orgânico, materiais recicláveis e rejeitos | Foto: Divulgação/SLU

A sessão pública, na qual haverá entrega dos envelopes de habilitação e propostas de preços das concorrentes, será realizada na data provável de 21 de junho, numa segunda-feira, às 9h, no auditório da sede do SLU, que fica no 6º andar do Ed. Venâncio 2000 (Setor Comercial Sul – Quadra 8).

O edital da licitação ficará disponível no site do SLU. Informações e esclarecimentos podem ser obtidos pelo telefone 3213-0200, das 9h às 12h e das 14h às 17h

A presidente da Comissão Especial de Licitação, Neide Aparecida, explica como funciona o processo de habilitação. “Vamos aguardar as propostas de documentação das empresas. No primeiro momento, iremos julgar essa documentação do ponto de vista legal, e as empresas habilitadas passam à fase de propostas. Em seguida, daremos continuidade à licitação, com análise das propostas e prazos recursais, entre outras etapas”, pontuou.

Compostagem

A assessora especial da Diretoria Técnica do SLU, Fernanda de Sousa, destaca que a contratação vai contribuir para a prestação dos serviços, especialmente do ponto de vista ambiental. “A contratação tem por objetivo assegurar a continuidade dos serviços nas usinas, o que contribui para o tratamento adequado dos resíduos, por meio da compostagem, por exemplo. Isso resulta na diminuição do aterramento dos resíduos e no aumento da vida útil do Aterro Sanitário”, afirma.

O edital da licitação ficará disponível no site do SLU. Informações e esclarecimentos podem ser obtidos pelo telefone 3213-0200, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Usinas e doação de composto orgânico

As Usinas de Tratamento Mecânico Biológico do SLU, localizadas na Asa Sul e em Ceilândia, são utilizadas para fazer a triagem dos resíduos domiciliares convencionais em composto orgânico, materiais recicláveis e rejeitos. Na Usina de Ceilândia, é produzido composto orgânico dos resíduos da coleta convencional de boa parte da região e também do que recebe da Usina da Asa Sul.

No primeiro trimestre de 2021, a Usina de Ceilândia produziu mais de 15 mil toneladas de composto orgânico. O material é separado e organizado em grandes leiras de compostagem para o processo de maturação. Leira é o caminho que o arado abre na terra. Ao final de 120 dias, o composto é peneirado e doado a produtores rurais do DF e dos municípios da Ride (Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno). Eles têm direito a uma cota de 90 toneladas por ano, com demanda comprovada por recomendação técnica da Emater-DF. No ano passado, o SLU bateu recorde de doações de composto orgânico com mais de 21 mil toneladas doadas.

 

*Com informações do SLU



Source link

Author

Share