- PUBLICIDADE -

Paraná lança missão internacional que vai a Dubai apresentar Estado e atrair novos investimentos

Author

Categories

Share

Promover as vocações do Paraná para o mundo. Essa é a premissa da missão técnica-comercial Paraná Business Experience 2021, que de 10 a 16 de outubro vai colocar o Estado no centro das atenções de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Lançada oficialmente nesta segunda-feira (20), a missão vai levar representantes do Paraná à Expo Dubai, exposição internacional que concentra mais de 190 países em 181 dias de evento e espera receber 25 milhões de visitantes.

O Estado será o protagonista do Pavilhão do Brasil ao longo da semana, com uma exposição imersiva que apresenta o Paraná a seus visitantes, do potencial agroindustrial e de geração de energia aos roteiros turísticos e parcerias em diversas áreas da gestão pública. Paralelamente à mostra, a agenda prevê rodadas de negócios para atrair novos investimentos, nos mesmos moldes dos Paraná Day que ocorreram na Espanha, no México e nos Estados Unidos.

A comitiva é composta por representantes do Governo do Estado, de municípios paranaenses e de empresas que almejam expor sua marca e captar novos investimentos no Exterior – elas também são as patrocinadoras da missão. O evento, que deveria ter ocorrido em 2020, também celebra a reabertura econômica no pós-pandemia.

“Essa é a maior feira de exposições do mundo, e uma ótima oportunidade para o Paraná apresentar todo o seu potencial de produção. Não vamos fazer apenas uma apresentação, mas buscar a chance de fecharmos novos negócios. Queremos trazer investimentos, indústrias, parceiros, e queremos que os empresários paranaenses também possam vender seus produtos para outros países. Para isso, estamos levando a maior comitiva que o Estado montou com empresários nos últimos 30 anos”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior no evento de lançamento, realizado no Palácio Iguaçu. Ele também será o líder da missão.

O embaixador dos Emirados Árabes Unidos no Brasil, Saleh Alsuwaidi, comemorou a programação paranaense e reforçou o potencial comercial da relação bilateral. “Essa é uma importante oportunidade de impulsionar o relacionamento entre os Emirados Árabes Unidos e o Paraná. Além da participação da semana do Paraná no pavilhão brasileiro, a Expo Dubai tem duração de seis meses, o que estende as oportunidades de contato entre as comunidades”, ressaltou. O diplomata participou do lançamento por videoconferência.

RODADAS DE NEGÓCIOS – As rodadas de negócios do Paraná Business Experience serão realizadas nos dias 11 e 12 de outubro com potenciais interessados, como fundos de investimentos, empresas internacionais e traders. Na programação, elas são divididas entre setores estratégicos para o desenvolvimento sustentável: automotivo; agronegócio; alimentos e bebidas; papel, madeira e celulose; bem-estar; e infraestrutura e tecnologia da informação; além de uma agenda específica para os municípios.

“O evento principal é a Expo Dubai 2020, onde o Paraná assume o Pavilhão do Brasil durante uma semana. Mas estamos indo para fazer negócios. Por isso, ao mesmo tempo em que estamos contando a história do Paraná na exposição, nós planejamos um evento paralelo muito ousado em que vamos fazer com que empresas, investidores e fundos façam novas conexões”, explicou Eduardo Bekin, diretor-presidente da Invest Paraná, autarquia responsável pela ponte com a organização do evento, feita pela Apex Brasil.

Além das empresas interessadas, fazem parte da comitiva oito cidades: Ponta Grossa, Cascavel, Toledo, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Londrina, Maringá e Pato Branco. Durante a missão, elas terão oportunidades específicas de mostrar suas vocações e potencialidades.

A prefeita de Ponta Grossa, Elizabeth Schmidt, ressaltou que essa é uma das primeiras grandes oportunidades do município se mostrar ao mundo. “Somos um grande produtor de grãos, temos comércio forte, serviços e indústrias de ponta. Acredito que, nessa retomada pós-pandemia, temos um momento especial para mostrar isso ao mundo”, disse.

AGENDA – A agenda oficial da comitiva começa no dia 9 de outubro com um encontro com o embaixador brasileiro nos Emirados Árabes Unidos. Um dia depois será a cerimônia de abertura da semana do Paraná no Pavilhão do Brasil e a primeira apresentação do espetáculo de projeção mapeada que integra a programação do Estado no local.

Nos dias 11 e 12, no hotel Crowne Plaza, serão realizadas as rodadas de negócios. Na sequência, ao longo dos dias 13 e 14, estão previstas visitas a outros pavilhões da Expo Dubai, além da participação no evento internacional Global Forum Africa, que reúne investidores de diferentes países africanos. Já no dia 15, a agenda é de networking nos pavilhões da Expo Dubai.

PAVILHÃO DO PARANÁ – A Expo Dubai 2020 será realizada entre 1º de outubro de 2021 e 31 de março de 2022, e terá como tema a frase “Conectando Mentes, Criando o Futuro”. Os países participam com pavilhões que representam suas nações, divididos em três distritos: Oportunidade, Mobilidade e Sustentabilidade.

O Pavilhão do Brasil, que integra a área da sustentabilidade, terá 4.380 metros quadrados. O Paraná será o primeiro estado a assumir o espaço brasileiro na feira, que tem como objetivo mostrar o desenvolvimento tecnológico dos países e discutir as perspectivas do futuro da sociedade.

O conceito da exposição paranaense é batizado de “Wow! All Around”, frase em inglês equivalente a “surpresa por toda parte” e que sugere as diversas formas de encantamento que o Estado pode proporcionar a quem o conhece.

Isso toma forma através de um espetáculo artístico dividido em 18 atos que englobam diferentes aspectos da história. A história começa com o descobrimento do Paraná através do Litoral, e segue de Leste a Oeste, do Porto de Paranaguá às Cataratas do Iguaçu. Assim, os atos do espetáculo destacam diversas qualidades do Estado, como sua natureza, cultura, indústria, agronegócio, indústria, logística, educação, entre outros.

Além das empresas interessadas, fazem parte da comitiva oito cidades: Ponta Grossa, Cascavel, Toledo, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Londrina, Maringá e Pato Branco. Lançamento contou com a presença de representantes de alguns municípios. Foto: Geraldo Bubniak/AEN

PRESENÇAS – Compareceram ao evento o vice-governador Darci Piana; o diretor superintendente da Rede Brasileira para o Desenvolvimento da Metrologia, Tecnologia e Qualidade, Celso Romero Kloss; os secretários estaduais Guto Silva (Chefe da Casa Civil), Norberto Ortigara (Agricultura e Abastecimento), Sandro Alex (Infraestrutura e Logística) e Márcio Nunes (Desenvolvimento Sustentável e Turismo); Giancarlo Rocco, diretor de Relações Internacionais e Institucionais da Invest Paraná; o presidente da Sanepar, Claudio Stabile; o presidente da Tecpar, Jorge Callado; Keli Guimarães, vice-presidente do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social do Paraná (Cedes); Luiz Henrique Fagundes, coordenador do Grupo de Trabalho Ferroviário do Paraná; Fernando Furiatti, diretor-geral do DER-PR; Borges da Silveira, diretor administrativo do BRDE; Luiz Fernando Garcia da Silva, diretor-presidente da Portos do Paraná; Sebastião Motta, vice-presidente da Junta Comercial do Paraná; o diretor-geral da Emirates no Brasil, Stephane Perard; o assessor político da Embaixada dos Emirados Árabes Unidos no Brasil, Paulo Rebello; os deputados estaduais Artagão Junior, Alexandre Amaro e Dr. Batista; os prefeitos de Maringá, Ulisses Maia, e de Pato Branco, Robson Cantu; o diretor de Assuntos Internacionais de Foz do Iguaçu, Jihad Abu Ali; o presidente da Federação da Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap), Fernando Moraes; Letícia Yumi, gerente de relações governamentais da Fiep; além de outras autoridades e de representantes das empresas patrocinadoras. De forma virtual, também participaram o diplomata do Escritório de Representação do Ministério de Relações Exteriores, Paulo Fernando Pinheiro Machado, e o superintendente do Sebrae/PR, Vitor Tioqueta.





Source link

Author

Share