- PUBLICIDADE -

Fiat Pulse terá motor 1.0 GSE Turbo com CVT e até 130 cavalos

Author

Categories

Share

A Ford tem a Maverick como principal produto de entrada no mercado americano e o mesmo ocorrerá aqui, onde a marca americana confirmou que a picape monobloco feito em Hermosillo, México, será um modelo de entrada no segmento de picapes.

Nos states, ela parte de US$ 19.995 e praticamente lançará areia sobre o EcoSport, que sai do mercado americano em 2022. Sem o SUV compacto importado da Índia, onde a Ford abandonou o barco, como fez no Brasil, a marca só terá picape para os compradores de primeira viagem ou de menor poder aquisitivo.

Para quem sonha em ter o primeiro carro, uma picape cabine dupla e ainda mais híbrida, parece algo realmente muito bom. Contudo, nem todos os consumidores querem de fato uma picape. Alguns milhares ainda buscam hatches e sedãs menores, porém, a Ford não os tem mais. Pelo que pode parecer, a Maverick se tornou o sucessor de carros como o Fusion.

Questionado sobre o assunto, Hau Thai-Tang, diretor de plataforma de produtos e diretor de operações da Ford nos EUA, disse: “Não! Não é (substituindo o Ford Fusion)”. Ele comentou: “Vimos isso porque os veículos de passageiros estão se tornando muito comoditizados e é difícil para nós ganhar dinheiro. De que outra forma podemos usar esse capital e capacidade de engenharia? Decidimos jogar com nossos pontos fortes”. Ou seja, picapes…

Ainda assim, Thai-Tang ponderou: “No que somos bons? Picapes. O que nós precisamos? Um veículo de entrada acessível para trazer compradores de primeira viagem para o showroom”. Ao ser questionado sobre um modelo menor, abaixo da Ford Maverick, o executivo disse: “Talvez”.

No entanto, rapidamente mudou a direção do assunto: “Certamente há em outros mercados como América do Sul e África do Sul . Mas (a Maverick) é uma ótima história. Nós a alavancamos com o Bronco Sport (plataforma), fizemos toda a nossa validação Built Ford Tough nela, e a decisão de ir totalmente híbrida elimina a decisão dos compradores de primeira viagem sobre eficiência de combustível e custos operacionais”.

De qualquer forma, a Maverick é um produto que se encaixa bem no perfil de picape de entrada, justamente por ser menor que a Ranger e monobloco. Com 5,07 m de comprimento, ela é um pouco maior que a Fiat Toro e é uma concorrente direta do produto da Stellantis.

Ford diz "talvez" para uma picape menor que a Maverick

Sobre o “talvez”, funcionaria melhor na Ford de outros tempos, quando mercados como o Brasil, certamente teriam uma picape leve ou do porte da Renault Oroch, indo ao encontro destes consumidores que nunca tiveram uma picape ou mesmo outro carro da marca.

[Fonte: MC&T]

AUTOMOTIVO





Source link

Author

Share