- PUBLICIDADE -

Equipes de saúde da atenção primária participam de capacitação sobre o novo modelo de financiamento Previne Brasil

Author

Categories

Share

Nesta sexta-feira (24), a Prefeitura Municipal de Macapá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), realizou o I Seminário em Atenção Primária à Saúde do Município de Macapá, que busca capacitar técnicos, enfermeiros e agentes comunitários para o novo modelo de financiamento da Atenção Primária à Saúde (APS). O Amapá é o 4° estado a receber a oficina.

A Atenção Primária à Saúde é uma das divisões de atendimento médico estabelecidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), em conjunto com a Organização Mundial de Saúde (OMS), que trata dos atendimentos mais simples, onde a complexidade dos casos é baixa, realizando atendimentos preventivos, sendo o primeiro contato do colaborador com o médico.

Durante os dias de capacitação, em 24 e 25 de setembro, os profissionais da área de saúde tiraram suas dúvidas e entenderam como funcionará o novo modelo de financiamento. Debate com os profissionais e apresentação dos indicadores de desempenho no registro das informações fazeram parte da programação. O diretor-financeiro do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Hisham Hamida, destacou a importância do seminário.

“Essa iniciativa da Semsa em buscar educação permanente de atualização de todos os trabalhadores, considerando o modelo de financiamento da atenção básica, o Previne Brasil, é importante para monitorar, alimentar o sistema e cadastrar toda população, para que as equipes de fato reconheçam e saibam qual o perfil populacional e, assim, auxiliar a gestão na tomada de decisão, planejamentos, ampliação de cobertura e levando a saúde de fato onde à população precisa”, disse.

Previne Brasil
É o novo modelo de financiamento da APS, que tem a proposta de aumentar o acesso das pessoas aos serviços de saúde primária e o vínculo entre população e equipe, com base em mecanismos que induzem à responsabilização dos gestores e dos profissionais pelas pessoas que assistem. O Previne Brasil começou a ser implementado em 2020.

Para a secretária Municipal de Saúde, Karlene Lamberg, o programa irá avaliar os indicadores de desempenho das equipes e colaborar com o atendimento ofertado à população.

“Estamos recebendo hoje nossos profissionais de saúde que vieram em busca de capacitação e atualização. Sempre tivemos uma preocupação a respeito da educação continuada, dessa forma solicitamos ao Ministério da Saúde o apoio na nossa educação permanente e capacitação. Esse é o nosso primeiro evento e irá servir como um termômetro para que possamos qualificar os profissionais de saúde do município”, pontuou a secretária.

Na quinta-feira (23), o evento de capacitação foi direcionado ao prefeito, secretários e coordenadores de APS do estado do Amapá. Se estendendo para os dias 24 e 25 aos técnicos, enfermeiros e agentes de saúde. A oficina acontece na Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá (Fecomércio).





Source link

Author

Share