Dia do ‘sim’ e de muita emoção para 35 casais do DF – Agência Brasília

Author

Categories

Share

O “sim” mais esperado da vida de 35 casais foi pronunciado, neste domingo (5), no Museu da República. Em mais uma tarde quente e seca na capital, o Casamento Comunitário foi marcado por muita alegria, emoção e flashes para todo lado. Noivos concretizaram o desejo de oficializar o enlace matrimonial, algo que muitos nem pensavam em realizar um dia.

O auditório do Museu da República estava todo decorado e iluminado para receber os 70 nubentes desta que foi a segunda edição do evento em 2021. Cada casal teve direito a levar quatro convidados e o casamento coletivo seguiu os protocolos de segurança sanitária como distanciamento social, aferição de temperatura e outros cuidados.

O governador em exercício, Paco Britto, a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, e a primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, acompanharam a cerimônia coletiva de casamento. Fotos: Joel Rodrigues e PH Carvalho

“Estamos dando dignidade a essas pessoas que já vivem maritalmente, oferecendo cidadania a elas“Governador em exercício, Paco Britto

A primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, o governador em exercício, Paco Britto, e a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, estiveram presentes no dia de festa, promovida pela Sejus. A celebração foi realizada pela juíza de paz Mirtala Delmondez que, ao lado de quatro testemunhas, recebeu cada um dos casais para o momento.

“Estamos dando dignidade a essas pessoas que já vivem maritalmente, oferecendo cidadania a elas. Nosso governo tem uma visão do social, da importância de cuidar de pessoas”, observou Paco Britto. Os casais contemplados tiveram de se inscrever no programa e atender a critérios como comprovação de baixa renda e residência no Distrito Federal.

‘Make-up’ com a primeira-dama

Antes do grande momento, as noivas tiveram a oportunidade de se maquiar e preparar o cabelo na companhia da primeira-dama e da secretária de Justiça. Uma equipe de profissionais do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) estava à disposição das mulheres. O Senac, por sinal, foi um dos 34 parceiros que contribuíram com a celebração, que recebeu gratuitamente itens como flores, decoração, som e até massagem para os casais.

Segundo lembrou Marcela Passamani, o domingo representou a consagração de meses de trabalho e preparação para o dia do ‘sim’ coletivo. “Fechamos hoje um ciclo que começou em julho. É com muita alegria que estamos realizando sonhos, transformando vidas. Dando oportunidade a tantos casais que estão começando ou oficializando a sua história”, pontuou a secretária.

História curiosa e exemplo para a filha

De fato, histórias até certo ponto improváveis como a da desempregada Luzimar Conceição, 51, e do aposentado Max Almeida, 60. Se conheceram pelas redes sociais – ela, em Brasília, e ele a 1.700 km de distância, em Florianópolis. O noivo é divorciado. Ela, por sua vez, viveu dois relacionamentos, possui três filhos, mas nunca havia se casado ‘no papel’. Sonho realizado hoje.

Depois de dois relacionamentos e três filhos, Luzimar Conceição conheceu o noivo – o aposentado Max Almeida – pelas redes sociais. Fotos: Joel Rodrigues e PH Carvalho

“O governo está fazendo pela gente algo que eu jamais conseguiria: o meu casamento. Eu e muitas que estão aqui não têm boa condição financeira. Era o meu maior sonho e estou muito emocionada”, confessa a senhora, pouco antes do encontro com o futuro marido. Ao deixar o auditório, recebeu o abraço dos filhos e pôs a netinha no colo.

Nem tão vividos assim, os moradores do Itapoã Rangel Afonso (28) e Gabriela Barbosa (19) vivem juntos há quatro anos e possuem a pequena Kiara, de um ano, fruto do relacionamento. Risonha dentro de um pomposo vestido branco, Gabriela conferia sentada a maquiagem na tela do telefone celular.

Para a jovem estudante, foi uma decisão séria mas há tempos amadurecida. “Quero dar o exemplo para a minha filha, né? E não podia deixar passar essa oportunidade. É um dos dias mais felizes da minha vida”, revelou. Já o noivo, de olhos marejados, contou que ambos não esperavam ser contemplados pelo programa. “Quando vimos nosso nome, foi uma grande felicidade. Foi muito gratificante poder estar aqui hoje”, concluiu.

Mãe da pequena Kiara, de uma ano de idade, Gabriela Barbosa sacramentou seu relacionamento de quatro anos com Rangel Afonso. Fotos: Joel Rodrigues e PH Carvalho

Vem mais por aí

Instituído como programa de governo pelo GDF, o Casamento Comunitário é de responsabilidade da Sejus, por meio da Subsecretaria de Políticas de Direitos Humanos e de Igualdade Racial. Até o final do ano, mais uma edição será realizada.



Source link

Author

Share