- PUBLICIDADE -

Cachorros: conheça 5 curiosidades surpreendentes

Author

Categories

Share

Reprodução: Alto Astral

Cachorros: conheça 5 curiosidades surpreendentes

Embora exista uma certeza universal sobre os cachorros serem os melhores amigos dos humanos, há alguns fatos incríveis sobre os cães que muita gente não sabe! Alto Astral conversou com a veterinária Luana Sartori e elencou 5 curiosidades fantásticas sobre esses pets amorosos e companheiros. Surpreenda-se!

1. Olfato mágico

É comum ver o animal auxiliando equipes de buscas e resgates pela sua capacidade de farejar. Isso acontece justamente por causa do seu olfato apurado e poderoso! “O pet pode captar odores que você nem de longe poderia imaginar sentir. Eles sentem o cheiro de um inseto que está a longas distâncias ou até de uma gota de sangue em um grande compartimento com água”, conta a especialista.

2. Os cães também suam!

Luana destaca que a temperatura ideal para um cachorro é bem diferente da nossa, variando entre 38 °C e 39,2 °C. Logo, eles precisam transpirar para aliviar a sensação térmica. “O calor evapora através das almofadas das patas e da língua, órgão que ajuda a eliminar água e refrescar o organismo”, explica.

3. Chocolate pode ser fatal

Muitas vezes não vemos problema em dar aquilo que estamos comendo para o pet, no entanto, esse hábito é arriscado. Segundo a veterinária, a teobromina é uma substância presente nos chocolates que afeta o sistema nervoso central e o músculo cardíaco do cão, podendo causar crises alérgicas, arritmias, convulsões e até mesmo provocar a morte.

Leia Também

4. Os famosos “lambeijos”

Carinhosos, os cachorros adoram dar lambidas em seus filhotes, companheiros e donos. Para eles, lamber é equivalente a beijar, portanto, é um sinal de carinho e afeto. Então, quando você chegar em casa e for recebida com vários “lambeijos”, já sabe o que seu pet está querendo dizer!

5. Fazer xixi em pé é sinônimo de território marcado

“Muitos tutores imaginam que isso faz parte do processo que envolve a urina do cão. Porém, fazer xixi em pé é uma atitude ligada unicamente à necessidade de marcar território. Inclusive, os machos preferem as superfícies verticais e se esforçam para alcançar o ponto mais alto”, conta Luana.

Fonte: Luana Sartori, médica veterinária e especialista do corpo clínico da Nutrire.





Source link

Author

Share