Alto Mangueiral terá licenciamento discutido on-line – Agência Brasília

Author

Categories

Share

“Estudando uma forma de ocupação planejada, dentro de um processo de licenciamento, minimizam-se os impactos ambientais” Alisson Neves, superintendente de Licenciamento do Brasília Ambiental

O Instituto Brasília Ambiental, por meio da Superintendência de Licenciamento (Sulam), promove na próxima terça-feira (10) a audiência pública virtual de apresentação e discussão do Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) para parcelamento de solo urbano do Alto Mangueiral, localizado em São Sebastião.

A transmissão ao vivo será realizada no canal do instituto no YouTube, das 19h às 21h45, com a exposição técnica do projeto e um espaço aberto para a participação de interessados. As instruções e procedimentos para acesso ao evento já estão disponíveis no site do Brasília Ambiental.

Área demarcada para o licenciamento a ser discutido | Imagem: Divulgação/Brasília Ambiental

Oportunidade

O superintendente de Licenciamento do instituto, Alisson Neves, lembra que as audiências públicas são importantes para que toda a população tenha a oportunidade de argumentar e dar sugestões.

“Neste caso específico, que é imobiliário, estudando uma forma de ocupação planejada, dentro de um processo de licenciamento ambiental, seguindo todo um rito, minimizam-se os impactos ambientais, buscando assim a sustentabilidade, com o correto uso do solo e o provimento de moradias dignas, com equilíbrio social e ambiental”, explica o gestor.

Aqueles que quiserem participar, mas que não tenham acesso à internet, poderão acompanhar a reunião virtual na Biblioteca da Administração Regional de São Sebastião, situada na Quadra 101 da Área Especial da cidade. Nesse local, a transmissão será projetada em telão e haverá um aparelho de celular com WhatsApp, para eventual utilização do público presente.

Confira, no site do Brasília Ambiental, como fazer as contribuições e encaminhamento de perguntas por meio de formulário. Na mesma página, veja também os estudos ambientais e o regulamento da audiência pública virtual.

*Com informações do Instituto Brasília Ambiental



Source link

Author

Share