- Advertisement -

Teste de sangue revela tuberculose infantil até um ano antes

- Advertisement -spot_imgspot_img
- Advertisement -spot_imgspot_img


Engenheiros biomédicos e biólogos da Escola de Medicina da Universidade Tulane, instituição de pesquisa privada de Nova Orleans, na Luisiana, EUA, desenvolveram um exame de sangue altamente sensível capaz de detectar vestígios da bactéria causadora da tuberculose em bebês. O grande diferencial desse teste é que a bactéria pode ser identificada até um ano antes do desenvolvimento da doença mortal.

Ao utilizar apenas uma pequena amostra de sangue, o teste detecta uma proteína secretada pelo mycobacterium tuberculosis (que causa a infecção) e pode rastrear todas as formas da doença, além de avaliar rapidamente a resposta do paciente ao tratamento. As informações são do presidente do setor de inovação em biotecnologia da Universidade, Tony Hu, líder do estudo, que foi publicado na BMC Medicine.

publicidade

tuberculose
Tecnologia inovadora pode ajudar a salvar a vida de muitos bebês, por meio do diagnóstico precoce da tuberculose, doença que mata 205 mil crianças anualmente. Imagem: Prostock-studio – Shutterstock

“Este é um avanço para crianças com tuberculose porque, até então, não tínhamos esse tipo de tecnologia de triagem para detectar infecções precoces entre os grupos mais jovens, que provavelmente não seriam diagnosticados”, disse Hu ao Medical Xpress. “Espero que esse método possa ser levado adiante rapidamente para alcançar essas crianças o mais cedo possível.”

Leia mais:

De acordo com Hu, sua nova tecnologia de triagem tem o potencial de fazer grande diferença na luta contra a tuberculose infantil, detectando casos muito mais cedo para que os médicos possam começar o tratamento o quanto antes.

Quase um milhão de crianças desenvolvem tuberculose a cada ano

A cada ano, o número de crianças que desenvolvem tuberculose chega mais próximo a um milhão. Cerca de 205 mil delas morrem de causas relacionadas à patologia. Mais de 80% desses óbitos são de menores de cinco anos. A maioria porque sua doença não é diagnosticada a tempo, já que crianças com tuberculose, principalmente bebês, geralmente apresentam sintomas não específicos para a doença.

Essas crianças também têm dificuldade em produzir as amostras de secreção usadas para detecção da enfermidade pelos melhores testes respiratórios do mercado.

tuberculose
Crianças têm dificuldade em produzir amostras de secreção usadas para detecção da enfermidade pelos melhores testes respiratórios do mercado. Imagem: Mamaza – Shutterstock

“Mesmo quando é possível obter essas amostras, elas tendem a ser menos eficazes para o diagnóstico. Isso porque, muitas vezes, contêm muito menos da bactéria do que amostras de adultos”, disse Hu. 

Já o exame de sangue precisa de apenas uma pequena quantidade, que pode ser facilmente obtida de crianças de qualquer faixa etária, para identificar uma proteína específica (CFP-10) que a bactéria expele para manter a infecção que leva à tuberculose.

Uma vez que a CFP-10 está presente em níveis muito baixos no sangue, o ensaio de Hu usa um anticorpo específico para enriquecer essa proteína a partir de outras presentes no sangue e um espectrômetro de massa para detectá-la com alta sensibilidade e precisão.

Teste realizado em crianças soropositivas

Hu e sua equipe usaram esse teste para examinar amostras de sangue coletadas de 284 crianças infectadas pelo HIV e outras 235 sem o vírus, que participaram de um grande ensaio clínico conduzido entre 2004 e 2008. O teste identificou crianças com diagnóstico de tuberculose pelos atuais testes de padrão-ouro, com 100% de precisão.

O ensaio de Hu também detectou CFP-10 em 77% das amostras de sangue coletadas 24 semanas antes das crianças serem diagnosticadas com tuberculose por outros métodos, indicando seu forte potencial para o diagnóstico precoce. O biomarcador de alguns casos positivos também pode ser detectado cerca de 60 semanas antes da confirmação da tuberculose, segundo Hu.

Agora, os pesquisadores estão trabalhando para criar um instrumento portátil e barato capaz de fazer a leitura do teste, permitindo que ele seja mais facilmente utilizado em ambientes com recursos limitados, áreas onde a doença tem maior ocorrência.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!





Source link

- Advertisement -spot_imgspot_img
Latest news
- Advertisement -spot_img
Related news
- Advertisement -spot_img