Sejus anuncia duas corridas de rua até o fim do ano – Agência Brasília

Author

Categories

Share


A atividade física é muito importante em todas as fases da vida e oferece diversos benefícios para a saúde. Além disso, correr faz parte de muitas brincadeiras e, por isso, é considerada uma ação natural para a maioria das crianças. Pensando nisso, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) vai promover, em 12 de outubro, por meio de parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMFDF), a Corrida do Sejuquinha.

Segundo a titular da Sejus, Marcela Passamani, a ideia é que o evento reúna um ambiente lúdico e uma proposta que estimula a diversão em vez da competição. “Não há nada melhor do que uma corrida infantil para juntar essa vontade de se mexer com a grande quantidade de energia que as crianças possuem. Nós queremos que os pequenos tomem gosto pelo esporte desde cedo e se divirtam enquanto brincam com novos e velhos amigos”, explica.

O evento, voltado para crianças e adolescentes, será dividido em categorias por faixas etárias. Os pais ou responsáveis também podem participar, correndo ao lado da criança. Todos os inscritos ganharão medalhas.

As inscrições serão abertas em breve. Para participar, é preciso doar latas de leite em pó, que serão repassadas para o Movimento Solidariedade Salva.

Corrida pelos Direitos Humanos

Além da corrida no Dia das Crianças, a Sejus anuncia a realização da 1ª Corrida pelos Direitos Humanos. Nesta atividade, poderão participar pessoas de todas as idades, residentes no Distrito Federal e entorno, independentemente de condição socioeconômica, etnia, deficiência, gênero, faixa etária, domicílio e ocupação. Para participar, basta doar 1 quilo de alimento, que será destinado a famílias em situação de vulnerabilidade, por meio do programa Voluntariado em Ação, coordenado pela Sejus.

A competição está marcada para 5 de dezembro, na semana em que é comemorado o Dia Internacional dos Direitos Humanos, com o objetivo de promover a conscientização sobre o tema entre a população do DF. Além disso, a corrida é uma forma de dar visibilidade para as demandas dos diferentes grupos sociais participantes.

Em 2021, a Declaração Universal dos Direitos Humanos completará 73 anos de existência. O documento é considerado o mais traduzido da história moderna e foi criado para servir como uma base para os direitos humanos em todo o mundo, como “o ideal comum a ser atingido por todos os povos e todas as nações”.

*Com informações da Secretaria de Justiça e Cidadania do DF



Source link

Author

Share