- PUBLICIDADE -

“Hoje, 410 mil vidas me separam do presidente”; veja os destaques da oitiva na CPI

Author

Categories

Share


O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta em oitiva na CPI da Pandemia (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

SÃO PAULO – O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta inaugurou, nesta terça-feira (4), a fase de oitivas da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia do Senado Federal, que investiga ações e omissões do governo federal no enfrentamento à Covid-19 e o uso de verbas federais na crise sanitária.

Dentre os principais pontos abordados no depoimento, que durou mais de 7 horas, o ex-ministro fez avaliações sobre o comportamento adotado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante a pandemia, apresentou detalhes sobre sua relação com o mandatário e com outros membros do governo, defendeu o respeito à ciência e avaliou condutas adotadas no enfrentamento da crise.

Durante a fala, Mandetta salientou as divergências entre ele e o presidente, sobretudo em temas como as políticas de distanciamento sociais – usadas mundo afora como instrumento para frear a transmissão do vírus Sars-CoV-2 – e o uso de medicamentos com eficácia não comprovada para tratar a Covid-19.

Source link

Author

Share