Metrô-SP falta a audiência de conciliação, e trabalhadores

Author

Categories

Share


Após tentarem dialogar com o Metrô em relação à Campanha Salarial, os metroviários vão entrar em greve na próxima quarta-feira (19). De acordo com o Sindicato dos Metroviários de São Paulo, a empresa sequer enviou um representante à audiência de conciliação que tinha sido marcada pela Justiça do Trabalho para a tarde desta terça-feira (18).

Na Assembleia realizada na noite desta terça para decidir sobre a paralisação, 77,42%  votaram a favor da manutenção da greve, contra 17,33% que não concordava com a ação e 5,06% que se absteve da decisão.

A falta de respeito com os seus trabalhadores é tão grande, que a empresa não compareceu à Audiência de Conciliação que seria realizada hoje sob supervisão do Tribunal Regional do Trabalho da Segunda Região”, disse o sindicato, por meio de nota.

Os metroviários estão há dois anos sem reajuste salarial e acumulam vários calotes, entre eles, o da Participação nos Resultados de 2019 e 2020. Além disso, os funcionários estão sofrendo com promessas de que o Metrô irá cortar seus direitos.

:: “Bolsonaro foi central na devastação do trabalho durante a pandemia”, diz sociólogo ::

Na última segunda-feira (17), o Ministério Público do Trabalho (MPT) sugeriu uma proposta de acordo durante Audiência de Conciliação. Porém, a ideia foi descartada pelo Metrô.

Edição: Vinícius Segalla



Source link

Author

Share