Confira 5 dicas para saber como criar uma senha segura

Author

Categories

Share


Nesta quinta-feira (6) é celebrado o Dia Mundial da Senha. A data marca o esforço de empresas preocupadas com a segurança dos usuários na internet e se torna ainda mais importante com o crescimento de ataques virtuais, phishing e casos de ransomware. Inclusive, o evento mundial pode ser uma ótima oportunidade para saber como criar uma senha segura.

Com a pandemia do coronavírus, diversas empresas optaram por adotar o regime home office. Cientes disso, os cibercriminosos intensificaram os ataques virtuais para explorar possíveis vulnerabilidades de dispositivos domésticos e contas não seguras.

publicidade

Além de executar uma VPN, manter o seu antivírus atualizado e tomar cuidado com e-mails suspeitos, saber como criar uma senha segura — independentemente da conta ou do serviço utilizado — é um ótimo primeiro passo para evitar que seus perfis sejam invadidos por malfeitores virtuais.

Caso tenha dúvidas de como criar uma senha segura, abaixo seguem cinco dicas simples para gerar (ou manter) um password com segurança reforçada.

Ilustração de senha óbvia
Evite usar senhas óbvias como nome próprio ou números em sequência. Foto: Vitalii Vodolazskyi/Shutterstock

Há quem utilize seu próprio nome ou de seu animal de estimação como password. Sim, a medida faz com que o usuário dificilmente esqueça a senha, mas saiba que o procedimento não é nada seguro.

Isso porque diversas informações e dados pessoais podem estar disponíveis na internet (principalmente nas redes sociais), o que pode facilitar a vida dos cibercriminosos.

Caso o indivíduo queira saber como criar uma senha segura e queira utilizar algum elemento que faça parte da vida da pessoa, vale usar o prato preferido ou obras que foram marcantes.

Neste caso, vale usar preferências não tão óbvias como “Euamostrogonoffcombatatapalha” ou “Euamoazulturquesa”. Os exemplos podem ser ridículos à primeira vista, mas melhor passar vergonha consigo mesmo do que facilitar a ação de malfeitores na internet.

Use caracteres especiais

Alguns sites e aplicativos exigem que a senha seja composta por caracteres especiais. Na verdade, a sugestão pode ser um complemento da dica acima.

Vale usar a criatividade, abusar de caracteres como “@”, “#” e números e criar, por exemplo, a senha “#Eu@m0str0gon0ff”.

Por mais bobo que pareça, a medida certamente vai dificiltar a vida de hackers.

Leia mais:

Use um gerador de senhas

Utilizar um gerador automático de passwords pode ser uma ótima opção para pessoas que buscam saber como criar uma senha segura, mas não fazem ideia do que usar como “palavra-chave”.

Existem boas opções, inclusive gratuitas, como o gerador de senhas automático do Avast. Geralmente, essas ferramentas criam senhas compridas e relativamente fortes. No entanto, como são criadas de forma aleatória, é essencial que o usuário encontre uma forma para se lembrar do password.

Vale usar gerenciadores de senha que, além de seguros, podem armazenar os passwords sem a necessidade de o usuário ter que decorar todas as suas senhas.

Não repita os passwords

Ilustração de senhas diferentes
Usar uma senha diferente para cada conta pode dificultar ação de cibercriminosos. Foto: Vitalii Vodolazskyi/Shutterstock

Utilizar a mesma senha para diversas contas pode ser um “tiro no pé”: se o cibercriminoso tiver acesso a uma delas, todas as outras contas podem estar comprometidas.

Uma boa sugestão para reforçar as dicas de como criar uma senha segura é utilizar um password diferente para cada perfil. Mesmo que alguma das contas possa sofrer um ataque, o cibercriminoso vai encontrar dificuldades para tentar acessar os demais perfis da vítima.

Fique atento a vazamentos

Estar antenado a notícias de vazamentos e de ataques cibernéticos pode diminuir as chances de ser invadido. É possível que alguma empresa sofra uma invasão e exponha as senhas de seus usuários.

Neste caso, é recomendável que imediatamente o usuário troque a senha do serviço invadido, mesmo que seja comprovado que sua senha não tenha sido afetada.

Afinal de contas, prevenir nunca é demais quando se trata do universo cibernético.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!





Source link

Author

Share